Quinta Outubro 19 , 2017

Festejando a libertação

Este ministério surgiu através da experiência de missionários que vivenciaram nas aldeias a enorme destruição que o álcool esta causando entre os povos indígenas.

É um ministério do CONPLEI que está que está em fase de desenvolvimento, mas já tem mostrado resultados efetivos e a minha participação é o testemunho pessoal da libertação do álcool.

 

O curso foi desenvolvido  e contextualizado em parceria com a Escola de Medicina da Universidade Mercer, EUA representado através do Dr. Paul Sealy e a missionária Lenita de Assis da Associação Linguística Evangélica Missionária no Brasil (ALEM).  Juntos, também, o Instituto Multiethnos, os irmãos Dãw do alto do Rio Negro e equipe de professores e alunos do centro de treinamento AMI.

 

O curso é constituído por oito passos baseados na metodologia do AA (Alcoólicos Anônimos), mas com a orientação bíblica e também contextualizada nas realidades indígenas. Também nos seminários feitos nas aldeias e comunidades são adaptadas nas línguas locais.

 

Temos muitos pedidos, atualmente o álcool e as drogas estão presentes nas aldeias principalmente nas aldeias mais perto das cidades, mas também tem chegado aos lugares mais distantes. Portanto, se nós como igrejas não fizer nada ninguém vai fazer. O governo pode fazer um projeto bom, mas não vai adiantar nada porque o problema está na alma e quem cura a alma é só Jesus.

 

Paralelo ao Festejando a Libertação existe hoje um outro projeto que está sendo desenvolvido em Manaus para ser implementado junto ao Semíraita de resgatar os índios drogaditos. O projeto se chama RECOMEÇAR PARA A VIDA – É um projeto de treinamento de lideranças indígenas para prevenção, recuperação e tratamento do índio drogadito (alcoolismo, droga e fumo) nas comunidades indígenas desenvolvido pelo Dr. Fernando de Paula Melo e está em fase final com a ajuda dos Ticunas que moram na região. ( Contato: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ) .

 

Por favor, estejam orando por estes projetos tão importante que vai tirar os nossos parentes do caminho da destruição e libertá-los destes vícios para que se tornem bons líderes em suas comunidades como eu sou, um salvo em Cristo Jesus festejando a libertação e recomeçando a vida.

 

Orem por:

1.   Recursos para ampliar os seminários no Brasil

2.   Treinamento de mais líderes indígenas que foram libertos para alcançar outros.

Por Edson Bakairi